7 dicas para se tornar um professor de inglês qualificado

7 dicas para se tornar um professor de inglês qualificado

Se você quer se tornar um professor de inglês, é preciso ter alguns cuidados. Ensinar não é apenas sobre se colocar na frente de uma turma e seguir a teoria com livros didáticos. É preciso ter um bom conhecimento e desempenho em estratégias que aprofundem e facilitem a aprendizagem.

Ter conhecimento sobre psicologia do ensino, compreender as dificuldades de cada aluno e enxergá-los de forma separada e diferenciada é fundamental para obter sucesso no ensino: aperfeiçoando a abordagem e as necessidades de cada aluno individualmente, otimizando assim a experiência de aprendizagem de cada um.

 

Para te ajudar a se tornar um professor de inglês ainda mais qualificado, trazemos aqui algumas dicas práticas para você colocar em execução a partir de hoje.

Continue a leitura!

1. Priorize o aprendizado dos alunos

O aprendizado precisa ser o foco. De fato, os alunos adoram professores com aulas divertidas e engraçadinhas, mas se esses artefatos não forem complementar o aprendizado, é preciso ficar de olho.

Melhorar a compreensão dos alunos a respeito das matérias é um passo fundamental para se destacar profissionalmente, levando mais valor e qualidade para as aulas.

É preciso acompanhar o desempenho dos alunos para identificar oportunidades de melhorias. Se as aulas mais lúdicas não estão dando o resultado esperado na aprendizagem, é preciso repensar a metodologia de ensino, focando sempre na evolução dos alunos na língua inglesa.

Lembre-se que o objetivo é, de fato, tornar o ensino do inglês mais simples e prático, fazendo com que os alunos tirem o máximo proveito das aulas.

2. Mantenha a sua rotina de estudos

Um professor de inglês, para que mantenha suas habilidades de ensino e domínio da língua, precisa manter uma rotina de estudos. Dessa forma, é possível sempre buscar melhorar as aulas, entender melhor a psicologia por trás do ensino e aprendizado e, claro, potencializar o aprendizado dos alunos, melhorando seu desenvolvimento e otimizando o tempo de ensino e estudo.

A língua inglesa, assim como qualquer outro idioma, está em constante mudança e adaptação. Por isso, esqueça essa ideia de que os estudos acabaram: é preciso acompanhar tendências, possíveis reformas ortográficas, novas expressões, gírias e muito mais.

Manter-se atualizado também é uma forma de se destacar enquanto profissional da língua inglesa, dando ainda mais credibilidade e relevância para o seu trabalho, permitindo que você se destaque dentre tantos concorrentes.

A Cultura Inglesa possui cursos especializados para professores da língua inglesa. Esses cursos ajudam a melhorar não só o conhecimento no idioma, como também as habilidades específicas dos professores.

3. Estimule a fala dos alunos

A fala é uma das quatro habilidades que precisam ser treinadas no estudo de um novo idioma. Está junto com a leitura, escrita e compreensão auditiva.

 

Os momentos de fala devem ser acompanhados pelo professor, para que seja possível avaliar não só os avanços como também as maiores dificuldades de cada aluno, medindo a necessidade de correção de acordo com cada um deles, de forma leve e não constrangedora.

 

Crianças geralmente demonstram uma facilidade maior para desenvolver habilidade oral, visto que, cognitivamente, tendem a estar mais propensas à aprendizagem de diferentes línguas. Os adultos também estão, porém, devido à sua bagagem na primeira língua, este processo se dá de forma um pouco diferente, normalmente demandando dele um esforço mais consciente do que e como ele precisa aprender e como.

 

4. O planejamento de aulas é fundamental

As aulas precisam ser planejadas. Conheça cada uma de suas turmas e identifique as maiores dificuldades e facilidades daqueles alunos. Cada turma é diferente, e por isso é necessário ter um planejamento que se adeque a cada uma delas, com seus diversos objetivos e necessidades.

Ao planejar as aulas, você consegue encontrar formas mais didáticas de obter sucesso no aprendizado de cada um.

Na hora de buscar escolas para trabalhar, busque aquelas que valorizem a atividade, o planejamento e o comprometimento real com o ensino. No caso de um profissional autônomo, em que você dá aulas particulares, é preciso ter uma mentalidade empreendedora para conseguir alcançar seus objetivos e o seu devido destaque no mercado de trabalho.

5. Encare as aulas como uma carreira

Se você quer começar a dar aulas de inglês, principalmente aulas particulares, é preciso visualizar essa atividade como um negócio real. Isso significa dedicar-se à função, transformando o ensino em um objetivo profissional, além de buscar formas diferenciadas de estimular o aprendizado e de se destacar como um professor de língua inglesa.

E, claro, agora que você identifica o ensino da língua inglesa como um negócio, é preciso se programar para que todo material didático seja apresentado e ensinado em tempo hábil, mantendo a pontualidade do cronograma e aumentando o potencial de aprendizagem dos alunos.

6. Crie uma autoridade nas redes sociais

Hoje, é um fato: as redes sociais influenciam em todos os tipos de carreira. Para que você consiga se destacar no mercado e mostrar todo o seu conhecimento e habilidades no ensino de língua inglesa, é preciso criar autoridade nos canais digitais.

Tenha redes sociais capazes de refletir a sua qualificação profissional e suas habilidades enquanto professor de língua inglesa: vídeos educativos e conteúdos em texto e imagem sobre dúvidas comuns, benefícios do estudo, gramática, escrita e outros temas ajudam a nortear potenciais alunos, além de aumentar a sua abrangência no mercado.

Se você quer se tornar um profissional autônomo na área, é preciso cuidar do seu marketing pessoal. Dessa maneira, quanto mais conteúdos de qualidade você criar para suas redes (e até um possível blog), melhor!

7. Melhore a sua comunicação

Um bom professor precisa ser um bom comunicador: ser capaz de se expressar com clareza e compreender o que os alunos mais necessitam.

Manter os estudos não é só manter o conhecimento pela língua inglesa atualizado: é também  conhecer mais sobre o ensino, sobre a educação de indivíduos diversos com necessidades e dificuldades distintas.

Por isso, para que você se destaque no ramo, é preciso conhecer bem os alunos, saber interpretar suas dificuldades e ter a habilidade de preparar aulas com abordagens capazes de lidar com essas particularidades de aprendizado em sala.

 

Para que você se destaque como professor de inglês, seja em uma escola de idiomas, seja como professor particular ou empreendedor, é preciso manter o conhecimento sempre ativo, além de cuidar do seu marketing pessoal e vender bem o seu produto.

O seu planejamento não se limita às suas aulas, mas sim a sua carreira como um todo. Pense  em ações para se posicionar no mercado – e prepare-se para colher bons frutos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *